Menu

Divulgação de Ciência e Tecnologia

22 Maio 2012

1/2012

1ª edição do concurso Investigador FCT recebe 1187 candidaturas

O concurso Investigador FCT, cujo prazo de candidaturas decorreu entre 02 de abril e 10 de maio último, registou um total de 1187 candidaturas, que serão agora avaliadas tendo em vista o preenchimento das 80 posições disponibilizadas nesta 1ª edição.

Este novo programa tem por objetivo a constituição de uma “bolsa” de investigadores de alta qualidade para efeitos de recrutamento, traduzindo uma aposta na excelência da ciência que se faz em Portugal. Pensado numa linha de continuidade, tem por meta alcançar a cifra de mil investigadores ao longo de futuras edições.

Por outro lado, pretende-se fomentar uma maior proximidade entre os investigadores e as instituições de ensino superior, laboratórios do Estado, outras instituições públicas e ainda instituições privadas e empresas.

Destinado somente a doutorados (de todas as áreas de conhecimento) o concurso Investigador FCT centra-se no investigador e no seu projeto de investigação científica, tendo em consideração três diferentes níveis definidos pelo número de anos após a obtenção do grau e pelo número de anos de trabalho como investigador independente.

No regulamento contempla-se um patamar inicial, outro de desenvolvimento e um terceiro de consolidação. Nesta 1ª edição, a maior fatia das candidaturas recebida diz respeito ao primeiro dos níveis (62,09%). O nível de desenvolvimento perfaz 29,65% do total, enquanto o patamar mais avançado corresponde a 8,26% das 1187 candidaturas contabilizadas.

A FCT, I.P. celebrará contratos de trabalho a termo resolutivo certo com os investigadores selecionados no presente concurso e assegurará, quando necessário, o financiamento inicial para o desenvolvimento dos respetivos projetos de investigação científica.

Os projetos a concurso serão primeiramente avaliados pelos quatro Conselhos Científicos da FCT, seguindo-se uma classificação por mérito absoluto e seriação por mérito relativo, por parte de um painel único de reconhecidos peritos internacionais. As primeiras contratações deverão ocorrer no segundo semestre de 2012.